24 de nov de 2010

Pastores e líderes que se desviam da sã doutrina




A maioria dos obreiros têm deixado muito a desejar. Vaidade, autoritarismo e prepotência. Justificam as suas ações com ameaças e proposições alegando que foram colocados à frente do rebanho por Deus, pelo que são "menina dos olhos do Senhor", considerando-se portanto, intocáveis.
Isto faz com que servos autênticos do Senhor se entristeçam e se calem. E, na maioria das vezes prefiram procurar outra igreja para congregar para evitar divisões, aborrecimentos e discussões. 
Tenho visto muitos casos de obreiros que não dão o devido testemunho do evangelho e a pergunta que ficamos fazendo é: será que são convertidos?
Jesus nos exortou a ficarmos atentos porque no final dos tempos teríamos pessoas com sutis prodígios que se possível fosse enganariam até os escolhidos, veja:

Mateus 24:24
"...porque hão de surgir falsos cristos e falsos profetas, e farão grandes sinais e prodígios; de modo que, se possível fora, enganariam até os escolhidos."
Sempre que me deparo com o comportamento destes obreiros me recordo do que o Senhor profetizou por meio de Ezequiel, veja:

EZEQUIEL 34:1-10
1 Veio a mim a palavra do Senhor, dizendo:
2 Filho do homem, profetiza contra os pastores de Israel; profetiza, e dize aos pastores: Assim diz o Senhor Deus: Ai dos pastores de Israel que se apascentam a si mesmos! Não devem os pastores apascentar as ovelhas? 3 Comeis a gordura, e vos vestis da lã; matais o cevado; mas não apascentais as ovelhas. 4 A fraca não fortalecestes, a doente não curastes, a quebrada não ligastes, a desgarrada não tornastes a trazer, e a perdida não buscastes; mas dominais sobre elas com rigor e dureza. 5 Assim se espalharam, por não haver pastor; e tornaram-se pasto a todas as feras do campo, porquanto se espalharam. 6 As minhas ovelhas andaram desgarradas por todos os montes, e por todo alto outeiro; sim, as minhas ovelhas andaram espalhadas por toda a face da terra, sem haver quem as procurasse, ou as buscasse. 7 Portanto, ó pastores, ouvi a palavra do Senhor: 8 Vivo eu, diz o Senhor Deus, que porquanto as minhas ovelhas foram entregues à rapina, e as minhas ovelhas vieram a servir de pasto a todas as feras do campo, por falta de pastor, e os meus pastores não procuraram as minhas ovelhas, pois se apascentaram a si mesmos, e não apascentaram as minhas ovelhas; 9 portanto, ó pastores, ouvi a palavra do Senhor: 10 Assim diz o Senhor Deus: Eis que eu estou contra os pastores; das suas mãos requererei as minhas ovelhas, e farei que eles deixem de apascentar as ovelhas, de sorte que não se apascentarão mais a si mesmos. Livrarei as minhas ovelhas da sua boca, para que não lhes sirvam mais de pasto.
É interessante notar que a metáfora "pastor" só se tornou real no Novo Testamento, introduzida por Jesus quando vendo a multidão se compadeceu, veja:
Marcos 6:34 "E Jesus, ao desembarcar, viu uma grande multidão e compadeceu-se deles, porque eram como ovelhas que não têm pastor; e começou a ensinar-lhes muitas coisas."
A partir daí é que começou-se a usar as metáforas ovelhas para o povo de Deus e pastor para o líder, o guia das ovelhas, ambos à semelhança do pastoreio de ovelhas no Antigo Testamento, portanto as profecias de Ezequiel não foram dirigidas ao povo de Deus no Antigo Testamento, porque seus líderes religiosos eram os sacerdotes e não eram denominados por "pastores", nem o povo era chamado de "ovelhas". Nem Deus estava se referindo aos animais, mas ao povo que seria remido e salvo por Cristo.
Logo, Deus estava profetizando para os pastores de nossos dias e não para os líderes religiosos do Antigo Testamento e lamentavelmente, estas profecias estão se cumprindo em nossos dias.
Quando Deus quis se reportar aos líderes religiosos do Antigo Testamento, Deus o fez, tratando-os por Sacerdotes, veja:

MALAQUIAS 2:1-7
1 Agora, ó sacerdotes, este mandamento e para vós. 2 Se não ouvirdes, e se não propuserdes no vosso coração dar honra ao meu nome, diz o Senhor dos exércitos, enviarei a maldição contra vós, e amaldiçoarei as vossas bênçãos; e já as tenho amaldiçoado, porque não aplicais a isso o vosso coração. 3 Eis que vos reprovarei a posteridade, e espalharei sobre os vossos rostos o esterco, sim, o esterco dos vossos sacrifícios; e juntamente com este sereis levados para fora. 4 Então sabereis que eu vos enviei este mandamento, para que o meu pacto fosse com Levi, diz o Senhor dos exércitos. 5 Meu pacto com ele foi de vida e de paz; e eu lhas dei para que me temesse; e ele me temeu, e assombrou-se por causa do meu nome. 6 A lei da verdade esteve na sua boca, e a impiedade não se achou nos seus lábios; ele andou comigo em paz e em retidão, e da iniqüidade apartou a muitos. 7 Pois os lábios do sacerdote devem guardar o conhecimento, e da sua boca devem os homens procurar a instrução, porque ele é o mensageiro do Senhor dos exércitos.
Em Jeremias 3:15 Deus se refere ao advento do Novo Testamento, veja:
"...e vos darei pastores segundo o meu coração, os quais vos apascentarão com ciência e com inteligência."
A ciência e a inteligência para conduzirem com sabedoria o povo de Deus, está sendo dirigida para criar toda sorte de invenções que desvirtuam o autêntico evangelho de Jesus e se perdem no zelo pela sã doutrina da qual tanto exortou o apóstolo Paulo.. 
A profecia de Jeremias 10:21 é para nossos dias, veja:
"Pois os pastores se embruteceram, e não buscaram ao Senhor; por isso não prosperaram, e todos os seus rebanhos se acham dispersos."

Jeremias 12:10:
"Muitos pastores destruíram a minha vinha, pisaram o meu quinhão; tornaram em desolado deserto o meu quinhão aprazível."
Por acaso Deus estaria se referindo a pastores de ovelhas (animais)? Não, Deus está se referindo aos pastores que haveriam de conduzir o seu povo, veja mais uma vez:

Jeremias 23:1-2
1 Ai dos pastores que destroem e dispersam as ovelhas do meu pasto, diz o Senhor. 2 Portanto assim diz o Senhor, o Deus de Israel, acerca dos pastores que apascentam o meu povo: Vós dispersastes as minhas ovelhas, e as afugentastes, e não as visitastes. Eis que visitarei sobre vós a maldade das vossas ações, diz o Senhor.
Deus lamenta as ovelhas perdidas e culpa os pastores, veja:

Jeremias 50:6
"Ovelhas perdidas têm sido o meu povo; os seus pastores as fizeram errar, e voltar aos montes; de monte para outeiro andaram, esqueceram-se do lugar de seu repouso."
Ainda sobre estas profecias do Antigo Testamento, Deus profetiza através de Zacarias, sobre o que aconteceria a Jesus, a quem chamou de "meu pastor", veja:

Zacarias 13:7
"Ó espada, ergue-te contra o meu pastor, e contra o varão que é o meu companheiro, diz o Senhor dos exércitos; fere ao pastor, e espalhar-se-ão as ovelhas; mas volverei a minha mão para os pequenos."
E Jesus mesmo, se referiu a essa profecia, veja:

Mateus 26:31
"Então Jesus lhes disse: Todos vós esta noite vos escandalizareis de mim; pois está escrito: Ferirei o pastor, e as ovelhas do rebanho se dispersarão."
Concluindo, seria bom que os pastores fizessem a vontade de Deus, zelando pela sã doutrina em paz e amor na condução do rebanho de Deus, para que estas profecias não se cumprissem na vida deles, porque Deus um dia pedirá conta de todos os atos dos que levianamente estão conduzindo os rebanhos do Senhor.
E em Jeremias 48:10 a Bíblia nos diz que: "Maldito aquele que fizer a obra do Senhor negligentemente, ..." (Jeremias 48:10). 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.