3 de fev de 2011

O Melhor para Deus



.
A expressão “O melhor para Deus” é uma das mais repetidas nos púlpitos de muitas igrejas.

Constantemente insatisfeitos com as instalações do templo, os dirigentes vivem apresentando projetos e orçamentos para reformas e também uma relação de melhorias e novidades, como por exemplo: O piso (por outro mais caro e moderno), o tapete (por outro mais macio), microfones mais potentes, cadeiras mais confortáveis, uma placa bem luminosa na frente da igreja (como uma empresa) etc...

Então uma série de desafios são lançados, todos com o objetivo de despertar o povo (membros e visitantes) a contribuir, “dando o seu 
($$$) melhor para Deus”.

Infelizmente, é assim que acabamos entendendo sobre o melhor para Deus,
como se Deus precisasse de alguma dessas coisas.

O piso, o tapete, o microfone, as cadeiras, e outros utensílios, todos são para o nosso próprio proveito. E ainda chegamos ao cúmulo de acreditar que é para Deus, só para Ele.

Vamos deixar da cegueira ou hipocrisia, pois estamos enganando ou sendo enganados.

Na verdade, não foi assim que Jesus e os apóstolos nos ensinaram a respeito do melhor para Deus, 
pelo contrário, o melhor para Deus foi e sempre será todo aquele que estiver liberto dessas coisas.

Podemos imaginar os lugares em que Jesus e seus discípulos pregavam os seus sermões e ensinos. O evangelho registra alguns desses lugares: prisões, ilhas, montes, casas, praias, barcos e outros.

Jesus e os discípulos jamais reclamaram do piso, da pintura, do assento, ou da falta de conforto de algum ambiente.

Os primeiros cristãos fizeram uma reforma total no templo em que Deus verdadeiramente habita.
Eles RENOVARAM A MENTE, LIMPARAM AS MAÕS, e PURIFICARAM OS CORAÇÕES e conseguiram compreender o SACRIFÍCIO DE JESUS e a MENSAGEM DA CRUZ.

Reconheceram a necessidade de uma 
MUDANÇA COMPLETA, deixando de lado toda TRADIÇÃO, PRECEITO e DOUTRINA DE HOMEM, QUE NÃO MUDA NEM TRANSFORMA NINGUÉM DE VERDADE.
Creio que precisamos realmente fazer uma reforma, uma faxina no templo de Deus e tirar toda mentira, inveja, malícia, a concupiscência dos olhos e a soberba, que tanto danifica e macula o caráter (a marca visível do cristão).

Necessitamos da ação do Espírito Santo para ter a mente e o caráter de Cristo e, então, com o proceder de uma nova vida, oferecer o melhor para Deus.

“O Deus que fez o mundo e tudo que nele há, sendo Deus no céu e na terra,
NÃO HABITA EM TEMPLOS FEITOS POR MÃOS DE HOMENS. Nem tampouco é servido por mãos de homens, COMO QUE NECESSITANDO DE ALGUMA COISA”. Atos 17.24,25

“Não sabeis vós que
 SOIS O TEMPLO DE DEUS e que o Espírito de DeusHABITA EM VÓS?”. I Cor. 3.16

Extraído da apostila Um Mestre de Sandálias Pg. 21
Fonte: [ Caminhando na Graça, de graça! ] 
via blog bereianos: http://bereianos.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.