7 de abr de 2011

Ainda prefiro ser pecador...



Não consigo entender porque muitas pessoas gloriam-se em si mesmos, afirmando nas entrelinhas que, por serem crentes, estão imunes ao pecado. Esses, cheios de si, zombam e desdenham daqueles que, por um motivo ou outro, ainda não foram alcançados pela Graça de Deus manifesta em Cristo. 

Entendo na Bíblia, que, se tenho que gloriar-me, que seja em Cristo. Nele sim. Afinal, o que Jesus fez por mim foi tremendo. Deu-me nova vida, me libertou do reino do império das trevas, transformou minha realidade, me deu uma vida abundante... Hoje, pelo Seu sangue, sou um salvo em Cristo, um pecador arrependido. Contudo, ainda sou pecador. E enquanto estiver por aqui, sempre será assim. 

É por isso que Jesus conta uma historinha: 


E disse também esta parábola a uns que confiavam em si mesmos, crendo que eram justos, e desprezavam os outros: 

Dois homens subiram ao templo, para orar; um, fariseu, e o outro, publicano. 

O fariseu, estando em pé, orava consigo desta maneira: O Deus, graças te dou porque não sou como os demais homens, roubadores, injustos e adúlteros; nem ainda como este publicano. 

Jejuo duas vezes na semana, e dou os dízimos de tudo quanto possuo. 

O publicano, porém, estando em pé, de longe, nem ainda queria levantar os olhos ao céu, mas batia no peito, dizendo: O Deus tem misericórdia de mim, pecador! 

Digo-vos que este desceu justificado para sua casa, e não aquele; porque qualquer que a si mesmo se exalta será humilhado, e qualquer que a si mesmo se humilha será exaltado. (Lc. 18) 



Servo de Cristo não é soberbo. Antes é realmente servo. Seguir a Jesus não significa, pelo menos enquanto nesta terra, ausência de pecado. Porém, a Bíblia nos ensina que devemos fugir da aparência do mal e buscar uma vida de santificação. 

Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor. Hb 12:14 

A minha maior glória é saber que, muito embora pecador; sou salvo pela Graça de Deus. Continuo sendo vil, contudo busco trilhar um caminho de fuga do pecado e cumprimento da vontade de Deus pra mim. 

O apóstolo Paulo, um dos grandes homens na pregação do evangelho aos outros povos, declara: 


“A mim, o mínimo de todos os santos, me foi dada esta graça de anunciar entre os gentios, por meio do evangelho, as riquezas incompreensíveis de Cristo”. Ef. 3:8 


Então pautado na Palavra de Deus, e diante daquilo que Deus já fez por mim independente de minha condição natural de pecador, entendo que não sou melhor ou pior do que ninguém. Sou privilegiado em Cristo, na graça de Deus Pai. Mais ainda sou pecador. 

Que Deus, em sua misericórdia, tire a soberba, altivez e arrogância de nossos corações. 

Fonte: blog do pastor Marcello Matias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.