2 de abr de 2011

Dicionário Evangeliquês!



Caros irmãos, se você, assim como eu, já teve dificuldades de entender os termos usados por muitos evangélicos, eis que seus problemas acabaram! Segue um mini-dicionário de evangeliquês, um novo idioma usado pelos cristãos do Século XXI.

Bíblia- Uma caixinha de promessas.
Mas essas Escrituras insistem em querem normatizar e orientar a vida cristã em todos os aspectos.

Conversão- Sair do catolicismo e assinar o nome em uma denominação evangélica.
A Bíblia mostra que conversão sem regeneração, justificação e santificação é falsa (II Co 5.17)

Deus- Um papai-noel que dá presentes aos bons filhinhos da fé. Esse serve ao homem em lugar de ser servido.
Não mais pagão...

Diabo- É aquele ser que vive entrando em brechas deixadas pelos crentes, mas esses mesmos crentes resolvem o problema amarrando o coisa-ruim!
A vitória sobre Satanás e seus demônios vem por meio de comunhão com Deus e não palavras chaves e clichês.

Dízimo- É um depósito em conta poupança do Banco Celestial, pois todos que dizimam não mais terão problemas nas finanças. É uma moeda de barganha com o Altíssimo.
Na Bíblia dízimo é uma função para mordomos generosos e não cristãos gananciosos.

Espiritual- É aquele cara que vive meio por fora desse mundo.
Enquanto isso, a espiritualidade bíblica é evidenciada em pleno mundo e nas dificuldades da vida (Mt 5.13-16).

- Um “abracadabra” gospel. Poder próprio e de fácil manipulação.
Mas, a Bíblia teima em dizer que a fé “é o firme fundamento das coisas que se esperam e a prova das coisas que se não vêem” (Hb 11.1).

Fogo- Antigo termo para “reteté”.

Glória e Aleluia- Expressões em alta voz, em ambiente de culto, que servem para atrair a presença de Deus.
Dizem que por aí, sem base nas Escrituras, que quando a “glória da terra sobe, a glória do céu desce”.

Gospel- Carimbo para contextualizações entranhas.

Louvor de adoração- Um mantra em que as palavras se repetem, repetem, repetem, repetem...
Bem, louvor e adoração é um estilo de vida que vai muito além de um tipo musical meloso e repetitivo.

Mistério- Bem, mistério é tão misterioso que fica difícil de definir. Os cristãos do mistério usam essa expressão sempre que estão diante de algo misterioso. [?]
A Bíblia relata que o mistério já foi revelado: Cristo encarnado! (Cl 1. 24-29)

Mundo- É tudo aquilo que a denominação não concorda em termos de usos, costumes e tradições.
Mas na Bíblia, mundo é um sistema de pecados e operações satânicas que envolvem vários aspectos da vida humana. (I Jo 2.15)

Política- Um meio de aumentar o poder da denominação. Dizem os politiqueiros que querem influenciar a sociedade em questões morais, mas muitos já se envolveram na imoralidade da corrupção.

Unção- Um poder sobrenatural que faz as pessoas terem sensações e arrepios. Somente alguns espirituais conseguem um grande estágio em unção, podendo inclusive serem imunes de contestações.
Biblicamente falando, ungido é o cristão nascido de novo e habitado pelo Espírito Santo e não uma casta especial. (I Jo 2.20, 27)

Varão- Homem do poder, aquele que em suas orações os demônios saem correndo como desesperados. O varão tem domínios transcendentais. É uma coisa impressionante!
O grande problema é que a espiritualidade de muitos “varões” fica somente no espetáculo e não reflete em caráter.

Fonte: Teologia Pentecostal
http://teologiapentecostal.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.