4 de abr de 2011

Existem revelações de Deus além da Bíblia?




De fato, não existe revelação mais particular ou recente do que a Bíblia. Deus não precisa conceder-nos revelações particulares, a fim de ajudar-nos a andar com Ele. “Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra” (2 Tm 3.16-17). A Bíblia é suficiente. Ela contém tudo que necessitamos para as boas obras.

Os cristãos de ambos lados da questão carismática precisam entender uma verdade vital: a revelação divina está completa. O cânon da Bíblia está terminado. Ao escrever as palavras finais do último livro do Novo Testamento, o apóstolo João registrou o seguinte aviso: “Se alguém lhes fizer qualquer acréscimo, Deus lhe acrescentará os flagelos escritos neste livro; e, se alguém tirar qualquer coisa das palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte da árvore da vida, da cidade santa e das coisas que se acham escritas neste livro” (Ap 22.18,19). Em seguida, o Espírito Santo acrescentou uma doxologia e encerrou o cânon.

Após o término do cânon do Antigo Testamento, nos dias de Esdras e Neemias, seguiram-se quatrocentos “anos de silêncio”, nos quais nenhum profeta proclamou revelação divina em nenhuma forma.

Esse silêncio foi rompido por João Batista, por meio de quem Deus se pronunciou novamente, antes da era do Novo Testamento. Então, Deus moveu diversos homens para escreverem os livros do Novo Testamento; e o último desses livros foi o Apocalipse. Por volta do século II d.C., o cânon completo era reconhecido pelas pessoas, exatamente como o temos hoje. Os concílios eclesiásticos do século IV confirmaram e oficializaram a afirmação universal da igreja: os 66 livros de nossa Bíblia são a única Escritura inspirada por Deus. O cânon está completo.

Assim como o cânon do Antigo Testamento foi seguido por silêncio, assim também o término do Novo Testamento foi seguido por ausência absoluta de novas revelações, sob qualquer forma. Desde a finalização do livro do Apocalipse, nenhuma profecia verbal ou escrita foi reconhecida universalmente pelos cristãos como verdade proveniente de Deus.


Por John MacArthur Jr. 

Extraído do blog:
 BLOG DOS ELEITOS

Via Blog do Pastor Matiashttp://www.pastormatias.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.