27 de mai de 2011

Por traz da cortina de ferro


Existia uma época na Rússia que se chama a epóca da “Cortina de Ferro” onde era proibido pregar o evangelho sob pena de severas retaliações. Um grupo de Cristãos se reuniam clandestinamente nos porões de Moscou. De repente um grupo de soldados chegam derrubando as portas. Eles estavam fortemente armados e disseram a todos que negassem a fé em Jesus Cristo.
Quem negasse, estaria livre para ir embora, mas quem se negasse a negar seria morto. Alguns “irmãos” não pensaram duas vezes e foram embora rapidamente. Os soldados deram um ultimato para os que ficaram e explicaram mais uma vez que se eles não negassem seriam mortos.
Ninguém mais queria sair dali.  Quando os soldados viram que ninguém mais iria negar a fé, fecharam a porta, colocaram suas armas no chão e disseram uns aos outros:  “Agora podemos adorar a Deus, pois os falsos irmãos foram embora”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.