10 de jun de 2011

O meu louvor não é extravagante


O louvor da sua igreja é extravagante? Não? Então você está fora do mover de Deus. É exatamente isso que algumas pessoas têm dito àqueles que não aderiram a um dos mais novos métodos de adoração. 

Segundo os adeptos desta grave distorção teológica, adoração extravagante é adorar a Deus com liberdade para pular, gritar, correr, além de fazer o possível para chamar a atenção de Deus. Para os seguidores desta nova prática, sempre que ousamos fazer algo novo e extravagante para Deus, agradamos ao Senhor. Um exemplo claro deste tipo de adoração é a canção "estravagante sou" composta pelo  Ministério Sarando a Terra Ferida"

"Com extravagância venho te adorar
Meu coração anseia por te encontrar
Quero exaltar teu santo nome
Vem com tua glória aqui
Encher este lugar...
...Como miriam pra ti dançarei
Como davi pra ti saltarei
Eu faço parte do povo escolhido
Pra te adorar
Extravagante sou e pra sempre serei!
Extravagante!"

Pois é, infelizmente o que essa galera quer é pular, saltar, correr, virar cambolhata, diversão, circo e show.

Para o adorador extravagante, o verdadeiro adorador voa como águia, ruge como leão, salta como coelho, canta de costas para o público, além de rolar pelo chão quando tocado por Deus. Para os adoradores extravagantes o que vale é romper com os paradigmas religiosos, manifestando através do louvor congregacional uma adoração desprovida de frieza espiritual. Segundo estes, tudo é válido desde o riso incontido ao choro histérico por parte dos adoradores.

Caro leitor, vamos combinar uma coisa? Em nenhum momento as Escrituras Sagradas nos ensinam a cantar extravagantemente. O Novo Testamento não nos concede respaldo teológico para que entoemos cânticos cuja inspiração seja de cunho delirante. Sinceramente estou cansado destas invencionices transloucadas fabricadas por individuos interessados em "roubar" a glória de Deus.

Caro leitor, alguma coisa precisa ser feita URGENTEMENTE. Não dá para continuarmos achando que estamos experimentando um avivamento em nosso país. Chega desta loucura gospel, não quero mais ouvir canções teologicamente distorcidas, cujo conteúdo é uma afronta ao Soberano Deus.

Definitivamente eu não sou extravagante.

Fonte: Renato Vargens

Um comentário:

  1. As pessoas estão negociando a Palavra de Deus para manter os jovens na igreja. Sinceramente eu não consigo imaginar Jesus fazendo isso. Definitivamente a igreja brasileira está virando um circo.

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.