6 de jul de 2011

AS INDULGÊNCIAS MODERNAS...



Tenho vergonha do comércio e da barganha promovida pelos adpetos da teologia da prosperidade.

Tenho absoluta certeza que se o reformador alemão Martinho Lutero fosse vivo estaria na linha de frente contra os ensinamentos espúrios feitos por esse povo que só pensa em dinheiro. Isto afirmo baseado no fato de que tudo aquilo que os reformadores lutaram como, superstição, misticismo, idolatria, venda das indulgências, autoritarismo papal, está indubitavelmente enraizado no neopentecostalismo.

Caro leitor, o vídeo abaixo é e um exemplo claro e vivo de uma igreja que a muito se perdeu. Confesso que diante das aberrações e sandices ensinadas pelos pastores da prosperidade resta-nos chorar clamando a Deus misericórdia!

Prezado amigo, ser protestante não é somente se identificar com o protesto feito pelos reformadores contra a corrupção eclesiástica e o falso ensinamento católico do século XVI; é muito mais do que isso. Ser protestante, é viver debaixo de um avivamento integral, é resgatar os valores indispensáveis a fé bíblica através da Palavra, é proclamar incondicionalmente a mensagem da graça de Deus em Cristo Jesus PROTESTANDO contra os falsos ensinos propagados pelos falsos profetas.

“O lema Eclésia reformata, semper reformanda, deveria estar sempre ressoando em nossos ouvidos e corações, desafiando-nos à responsabilidade de continuamente caminharmos segundo a Palavra, sem nos deixarmos levar por ventos de doutrinas e movimentos que tentam transformar a Igreja de Cristo, num circo eclesiástico, nas mãos de líderes inescrupulosos, que manipulam o povo ao seu bel prazer, tudo isso em nome de Deus!

Pense nisso!


Via Blog do Pastor Matias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.