1 de jul de 2011

Lealdade ao homem e a instituição em primeiro lugar, depois a Cristo....



Depois que Deus tirou o povo de Israel da servidão no Egito, muitos dos libertados perderam-se devido sua incredulidade

Depois de terem o problema da escravidão resolvido, já libertos e andando sob a direção de Deus no deserto (vendo com os olhos inúmeros sinais e maravilhas) muitos daqueles homens sucumbiram a tentação de não confiarem plenamenteem Deus 

Sentiam-se seguros por serem o “povo escolhido” e certos que Deus os livraria de qualquer perigo, por outro lado continuavam não confiando somente em Deus.

Isto acontece hoje também, muitos por serem membros de uma igreja, batizados, dizimistas, freqüentadores fiéis, tem a falsa sensação que estão imunes aos problemas da vida e dão por certo a conquista da terra prometida

Como conquistar a terra prometida se nossa lealdade não é somente de Cristo?

Como agradar a Deus se acolhemos ensinos de pessoas que desprezam as principais verdades do Evangelho?

Esse foi o motivo de muitos morrerem no deserto e este é o motivo de muitos caminharem para própria destruição.

Essa é a fonte de tanta confusão, lealdade ao homem e a instituição em primeiro lugar, depois a Cristo...

Deveríamos aprender com a lição do deserto, segurança  em Cristo...


“Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem”. Hebreus 11.1

“[...] Hoje, se ouvirdes a sua voz, Não endureçais os vossos corações”. Hebreus 4.7

“Mas Deus não se agradou da maior parte deles, por isso foram prostrados no deserto”. I Coríntios 10.5

“[...] permanecerdes fundados e firmes na fé, e não vos moverdes da esperança do evangelho que tendes ouvido [...] Colossenses 1.23


Na Fé

Eunice e Marcelo


Caminhando na Graça de graça:  http://marcelonathanson.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.