15 de out de 2011

E se Jesus tivesse Twitter?

“Se Jesus vivesse nos dias de hoje e usasse Twitter, com certeza ele teria milhões de seguidores”

Acredito que essa seria a opinião da maioria das pessoas, se fizéssemos essa pergunta. Eu particularmente acho que seria o contrário.

No começo sim, milhões de pessoas... provavelmente recorde de seguidores. Mas com o tempo, com suas palavras cortantes, com os desafios que ele iria propor para nossas vidas, com a sua defesa inabalável pela Verdade de Deus, esse número de seguidores iria cair drasticamente.

Num primeiro momento, as pessoas estariam muito dispostas a ouvir suas palavras de amor e de benção, mas quando elas percebessem que nem tudo são flores na caminha com Jesus elas cairiam fora.

Jesus confrontaria as pessoas? Claro!

Ele repreenderia as mazelas e erros da Igreja atual? Sem dúvida!

Mas eu tenho certeza que ele jamais se envolveria em confusões sem sentido, e que envergonham o evangelho, muito menos pediria seguidores ou faria promoções para aumentar sua popularidade na rede.

Ele falaria as verdades sem medo de rejeição, mas Ele amaria os errados rejeitados e lhes mostraria o caminho certo por meio de seu exemplo e de seu amor infindável. Jesus não estaria e NÃO ESTÁ preocupado com números, adeptos ou simpatizantes. Ele está preocupado com o seu coração.

Vale a pena pensar um nisso, o que você acha?



Fonte: Marco Túlio Machado em Escrevendo de Tudo

Via: Libertos do Opressor

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.