19 de out de 2011

Musahar, Hindu de Índia



O Musahar é considerado um dos grupos mais baixos de dalits e sofre tremendamente por causa do seu status na sociedade. Seu nome é derivado de duas palavras que significam caçador de ratos, e é provável que lhes seja atribuído por sua tendência em comer roedores em tempos de extrema necessidade. Eles têm famílias grandes e convivem com várias gerações na mesma casa. Uma aldeia de Musahar é quase sempre cheia de crianças. A educação não é valorizada e a alfabetização é extremamente baixa, com taxas de alfabetização por cerca de 2-6%. Tradicionalmente, eles seguem a sua fé e culto à divindade tribal de sua família, a divindade da aldeia, e os deuses da fé hindu mais ampla.

Obstáculos ao ministério
Taxas de alfabetização baixíssimas obrigam que a comunicação das boas novas de Cristo seja oral.

Ideias ao ministério
Aqueles que sabem que são pobres e necessitados são frequentemente os mais dispostos a aceitar os dons de Deus. A pobreza em que vive a comunidade de Musahar pode muito bem ter preparado-os a crer e receber o Espírito Santo.

Ore pelos seguidores de Cristo
Nesta grande comunidade pode não ter ninguém que conheça e siga a Jesus hoje, mas ore por aqueles que virão a Ele. Interceda para que o Senhor envie mestres que possam relacionar-se bem com eles, assim como comunicar claramente a mensagem. Ore por recursos de estudo, que sejam de boa compreensão para este povo analfabeto.

Ore por todo grupo
Ore para que a comunidade Musahar saia da pobreza extrema, encontre empregos melhores e para que façam da escola uma prioridade para os seus filhos.

Foco escritura
"Ele tem piedade do fraco e do necessitado e salva a alma aos indigentes." (Salmos 72.13).
Grupo Étnico: Musahar, Hindu
País: Índia
Janela 10/40: sim
População nacional: 2,639,000
População mundial: 2,867,000
Idioma: hindi
Religião Principal: hinduísmo
Bíblia: completa
Áudio NT - Internet: não
Flime Jesus: sim
Áudio gravação: sim
Cristãos: poucos, menos de 2%
Situação: não alcançados
Escala de Progresso: 1.1




Fonte: Joshua Project
Via: JMM - Missões Mundiais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.