27 de out de 2011

O que é ser um membro da igreja?

Você já se sentiu sozinho ou sozinha? Mesmo caminhando por uma rua movimentada ou morando numa casa com várias pessoas, muitas vezes a solidão nos atinge em cheio. Há uma grande diferença entre sentir-se só e estar só. A primeira situação se revela quando somos abandonados, esquecidos e separados daqueles que convivem conosco. Sentir-se só significa não ter ninguém com quem repartir as dores e as frustrações da vida. Já o estar só tem outra dimensão. Muitas vezes torna-se necessário um afastamento do dia para refletir sobre como estamos vivendo (disciplina da solitude).

A importância da membresia

Ser membro da igreja, além de ser um preventivo contra a solidão imposta, cria também condições para a pessoa se esconder de tudo e de todos numa comunhão íntima com o Pai. Num culto de adoração você pode sentir a alegria de estar na presença de outras pessoas, mas pode também desfrutar de uma interioridade com Deus.
Um membro efetivo desfruta de muitos privilégios, mas assume também algumas responsabilidades:

1- Ser membro é pertencer em primeiro lugar a Deus

A solidão mais profunda que o homem pode sentir é quando ele está separado de Deus. O crescimento da violência até mesmo dentro dos lares deve-se em primeiro lugar à ausência de Deus. Aqueles que por algum motivo se afastam da igreja acabam curtindo uma solidão que enfraquece e debilita todo o sistema da vida. Muitos que deixam a comunhão da igreja não admitem, mas sabem que não estão vivendo como deveriam viver. É importante saber que antes de pertencemos à igreja nós pertencemos a Deus. Paulo nos ensina esta verdade (Ef 2:1-7).

2- Ser membro é ser redimido por Cristo
Todos pertencemos a Deus por direito de criação. Mas, segundo o apóstolo Paulo,para pertencermos a Cristo nós precisamos ser redimidos (libertados,resgatados), e para que esta remissão aconteça é preciso que a graça de Deus se manifeste em nossa vida. Se pertencemos a Cristo, devemos também pertencer à sua santa igreja, sendo batizados segundo o seu exemplo e o seu mandamento (Mt 28:18-20/Ef 5:25).

3- Ser membro épertencer à família da fé
Como Deus é o nosso dono e Cristo é o nosso Senhor, devemos fazer o que eles nos mandam. Ao nos unirmos à igreja tornamo-nos membros de uma grande família. Passamos a ser irmãos e irmãs, tendo Cristo como o nosso irmão mais velho. Assim, como numa família, cada um tem um dom específico. O importante é que esse dom seja aplicado para a edificação dessa família de Deus (Gl 6:10).

4- Ser membro é pertencer a um exército invencível

Jesus afirmou que edificaria a sua igreja (família) e as portas do inferno não teriam poder sobre ela (Mt16:18). Ninguém vai à guerra sozinho. Quem se arrisca a enfrentar o mundo confiando na própria força, acaba sempre derrotado (Lc 10:17-19).

Características de um membro
Ao definirmos as características de um membro precisamos ter o cuidado de evitar os rótulos. Muitas vezes classificamos as pessoas como: "um bom membro", "um membro fiel", ou um "membro inconstante". Estas definições são falhas e geralmente não correspondem à verdade. O texto de Paulo aos romanos (Rm 12:1-21) nos ensina a medida de um verdadeiro membro.

1) O membro precisa ter uma consagração pessoal
Consagrar significa separar, dedicar,entregar. Paulo nos exorta a oferecer os nossos membros como sacrifício vivo, santo e agradável a Deus (Rm12:1). Esta separação diz respeito também ao mundo no qual vivemos. Isto significa que devemos consagrar a nossa vida social a Deus (Rm 12:2). Deus não é contra uma vida social, Ele condena a vida social quando ela é regida pelas normas do mundo. Devemos também consagrar nossas mentes ao Senhor (Fp 4:8), pois uma mente cheia de pensamentos negativos e contrários à palavra de Deus nunca poderá ser instrumento de edificação para a igreja.

2) O membro precisa participar com o seu dom

A grande lacuna que encontramos na igreja hoje é a falta de interesse de muitos que a ela se ligam. Leia o que Paulo afirmou em (Rm 12:4-8). Este espírito de cooperação é a mola mestrado crescimento da igreja. Não deixe de se envolver com o dom que Deus lhe concedeu, para que a igreja seja edificada (1Co 14:12).

3) O membro precisa ter um bom testemunho
A pior propaganda para a igreja é a de um membro não convertido, que não dá testemunho de Cristo. Veja em (Rm 12:9-13) o modelo que Paulo nos dá para que tenhamos um bom testemunho. Estas recomendações são mais do que bons conselhos, são verdadeiros mandamentos.

4) O membro precisa cultivar uma conversação sadia
O nosso modo de falar indica a classe de pessoas à qual pertencemos (Mt 12:34/Tg 3:3-6). No Novo Testamento "conversação" significa mais do que falar, refere-se a uma forma de vida (Rm 12:14-16).

5) O membro precisa aspirar ser um imitador de Cristo
Paulo retrata como um membro deve agir em relação aos seus irmãos. Leia com atenção (Rm 12:17-21). Estes versículos mostram o caráter daquele que abraçou o evangelho.

Ser membro é uma das decisões mais sérias da vida cristã. Pelo fato de a igreja não ter poder de salvar ninguém, nós acabamos por não valorizá-la. Mas lembre-se: você, ao ingressar na igreja, está ingressando em primeiro lugar na família de Deus. Procure viver como um verdadeiro membro desta família.



Fonte: Ebtm

Via Libertos do Opressor

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.