4 de dez de 2011

Pastor Yousef recebe mais apoio internacional



A situação dos cristãos iranianos, como o pastor Yousef Nadarkhani – que permanece mantido no corredor da morte do Irã por causa de sua fé em Jesus – está ganhando cada vez mais atenção internacional.
O senado mexicano é o mais recente organismo internacional a tomar uma posição a favor do pastor Uosef, afirma que condena a sentença de morte que foi decretada contra o pastor baseada em motivos religiosos.
Nos últimos meses, uma série de países e organismos internacionais se juntou aos líderes americanos para a realização de uma campanha de libertação do pastor Yousef. O Ministro das Relações Exteriores da Grã-Bretanha convocou as autoridades iranianas para anular a sentença.
Canadá e membros do Senado do Uruguai têm feito declarações pedindo a libertação do pastor iraniano. Além disso, o Conselho de Comércio Estrangeiro e o Conselho da União Europeia deram declarações que condenam a sentença de morte contra Yousef.
Mas como essas e outras nações tem se colocado contra a condenação do pastor Yousef e pedindo sua libertação, o governo do Irã está renovando seus esforços para perseguir os cristãos que residem no país.
O Ministro da Inteligência do Irã recentemente declarou que as igrejas cristãs são uma grave ameaça para os jovens do país e ainda afirmou que estava se preparando para reprimir essas igrejas.
Essa notícia não é apenas perturbadora para o pastor Yousef, que é líder de uma rede de igrejas domésticas, e que tem seu futuro nas mãos do líder supremo do Irã, o aiatolá Ali Khamenei, mas a todos os cristãos, ex-muçulmanos, do Irã.
FonteACLJ
TraduçãoLucas Gregório

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.