3 de jan de 2012

O pastor pode estipular o valor da minha oferta?


Por André Sanchez
oferta, estipular valor da oferta, dinheiro
#VocêPergunta: Ouço pela rádio um certo pastor que estipula a oferta a ser dada. Em um dos programas ele dizia que os servos de Deus precisam se sacrificar, e deveriam ofertar naquele ministério ofertas no valor de R$ 1500,00 ou R$ 2000,00. Gostaria de saber se isso é correto, se é bíblico?
Caro leitor, infelizmente essa prática está cada vez mais comum, principalmente nas igrejas que adotam a teologia da prosperidade. Essa prática não tem embasamento bíblico por vários motivos:

1 – A Bíblia não dá a autoridade a ninguém para estipular valores para as ofertas.

“Cada um contribua segundo tiver proposto no coração, não com tristeza ou por necessidade; porque Deus ama a quem dá com alegria.” (2 Co 9. 7). Oferta é o valor que a pessoa propor no coração. Não é obrigatório, não tem valor estipulado. A única coisa que a Bíblia estipula é que tem que ser de coração, sem motivações erradas. Qualquer estipulação de valor é um método maligno de tentar coagir a pessoa para que ela oferte mais do que está movida a fazer.

2 – Oferta não é moeda de troca para barganhar com Deus.

Normalmente, as mesmas pessoas que estipulam valores para as ofertas, são as mesmas que prometem coisas em troca da determinada oferta (Veja a imagem que ilustra esse artigo: Existe claramente uma promessa de vitória financeira em troca da oferta estipulada). É como um famoso pastor da TV que tem oferecido bênçãos (até a conquista da casa própria) em troca de uma oferta X. Isso é diabólico, já que Deus não pode ser comprado e obrigado a abençoar quem quer que seja por causa de uma oferta ou um “sacrifício” financeiro.

3 – Deus não se agrada de exploração.

Já vi um caso de uma pessoa (e sei que existem milhões iguais a esse) que deu para a igreja até o seu meio de transporte que usava para trabalhar, como oferta determinada pela igreja. Isso é um absurdo! Deus não explora as pessoas! Deus não ilude as pessoas! Deus não se agrada desse tipo de atitude, por isso, os que tais coisas fazem, são lobos em pele de cordeiros. Não agem em nome de Deus! São falsos mestres pregando falsas doutrinas.
Assim, não aceite qualquer imposição de valores para a sua oferta. O valor de sua oferta é entre você e Deus. Também aconselho a não ofertar em ministérios que adotam esse tipo de postura contrária à palavra de Deus. Outra coisa importante: Se vai ofertar esperando que Deus te dará algo em troca, não oferte. Sua motivação é egoísta e focada em si mesmo e não em Deus. Deus não se agradará dela, ainda que seja um oferta cheias de zeros.
Lembre-se: A bênção de Deus não pode ser comprada, pois Deus trabalha com uma matéria prima chamada graça, e a graça é de graça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.