8 de jan de 2012

Pastor Terry Jones lança-se à presidência dos EUA com videoclip chocante. Confira!

Terry Jones diz que a América precisa de voltar a ser uma grande nação. Depois de queimar o livro sagrado do Islão e de tentar invadir a maior mesquita dos EUA, Terry Jones candidata-se à presidência com uma campanha de choque, a julgar por um vídeo. 

O pastor Terry Jones saltou para a ribalta depois de ter queimado um exemplar do Corão, numa cerimónia que fora adiada uma vez a pedido do próprio Barack Obama. Anti-tudo-e-mais-alguma-coisa, o líder religioso e motoqueiro é o candidato à presidência de que ninguém fala. Vá se lá saber porquê. 

No lançamento de um vídeo de campanha (ver vídeo no final do texto), explicou que a América precisa de voltar a ser uma grande nação. "Temos de regressar aos nossos valores morais e à estabilidade económica. Continuarei a encorajar os americanos. Vamos todos voltar a Deus e aos princípios que nos tornaram um grande país", lê-se no comunicado do candidato. 

Já depois de ter queimado o livro sagrado do Islão, Terry Jones tentou invadir a mesquita de Dearborne, perto de Detroit, a maior dos EUA. "Quero a abolição da sharia" (lei islâmica), disse, na altura, ao Expresso, que acompanhou a iniciativa. A marcha do pastor por pouco não degenerava em violência, visto que milhares de protestantes estavam à sua espera, ameaçando-o de morte. 

Veja o polémico vídeo (NOTA - ALGUMAS IMAGENS PODEM SER CONSIDERADAS CHOCANTES): 



Via Libertos do Opressor

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.