3 de jan de 2012

Pastor vende objetos doados pelo Baú da Felicidade à igreja




Doações feitas para uma igreja em Jaguapitã, no Paraná feitas pela empresa Baú da Felicidade estavam sendo comercializadas de forma irregular pelo pastor da igreja Fonte de Águas Vivas.
Os produtos estavam sendo comercializados na loja do irmão do líder religioso, sem nota fiscal.
 Os produtos estavam sendo doados para projetos assistenciais da igreja. 
A descoberta do esquema foi feita pela Polícia Civil com a ajuda da Receita Estadual, segundo o G1.
Na quarta-feira (28de dezembro) encontram um depósito onde estavam sendo guardadas mercadorias, a maioria móveis, no valor de R$ 400 mil. O pastor tinha feito um acordo com o Baú da felicidade, antes da rede de Silvio Santos ser vendida à cadeia de lojas Magazine Luiza em junho de 2011.
A empresa que vendia as mercadorias foi aberta a pouco tempo e não tinha autorização da Receita Federal nem notas fiscais para operar. A loja foi lacrada pelos fiscais e a máquina registradora apreendida.
O advogado do dono da loja alegou que “seria muito mais prático para a igreja que não tem vocação comercial repassar para um terceiro para que esse fizesse a venda e repassasse os frutos à instituição religiosa.
Os fiscais agora vão conferir a movimentação da igreja e do pastor, para saber o que era feito com o dinheiro da venda das doações. O trabalho de triagem dos produtores deve ser concluído na próxima semana.


Fonte: The Christian Post

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.