2 de fev de 2012

Cristãos sofrem com a intensa perseguição


Cristãos sírios e iranianos têm sido alvos de mais perseguição, de acordo com relatos cristãos. O jornal paquistanês The Pakistan Christian Post também relatou que “a comunidade cristã na Síria tem sido atingida por uma série de sequestros e assassinatos brutais"
Em um email para o jornal The Jerusalem Post, Giulio Meotti, jornalista, escreveu: “Depois da limpeza étnica dos judeus, em 1948, nos países árabes, o islamismo fundamentalista está agora tentando afastar os cristãos da região. Eles querem estabelecer um ambiente puramente islâmico e um êxodo em massa já começou embaixo de nosso nariz”.
“Na Síria, os cristãos serão perseguidos após a eventual queda de Assad, já que eles foram os mais leais aliados do regime Baathista. Os cristãos serão massacrados, ou pressionados do Cairo até Damasco; a era dos cristãos árabes está no fim em toda a região,” escreveu Meotti.
O jornal paquistanês The Pakistan Christian Post também relatou que “a comunidade cristã na Síria tem sido atingida por uma série de sequestros e assassinatos brutais; 100 cristãos foram mortos desde que o movimento contra o governo começou. Uma fonte confiável no país, que não pode ser identificada para sua própria segurança, disse ao grupo Barnabas Aid que crianças têm sido um alvo especial dos sequestradores, que matam a vítima, caso não recebam a soma pedida.”
No Irã, o pastor Youcef Nadarkhani – que está no corredor da morte desde 2010 – recusou novamente renunciar à sua fé cristã em troca de sua liberdade.
De acordo com a agência cristã internacional de notícias BosNewsLife, "o pastor iraniano Youcef Nadarkhani rejeitou uma oferta para ser libertado da prisão, se ele reconhecesse publicamente o profeta islâmico Maomé como ‘um mensageiro mandado por Deus.’”
Nadarkhani foi primeiramente preso por questionar o papel dominante da instrução religiosa islâmica financiada pelo governo na escola pública onde seus filhos estudam.
De acordo com Clifford D. May, presidente da Fundação para a Defesa das Democracias sediada em Washington, a
FonteBarnabas Fund
TraduçãoCláudia Veloso

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.