24 de fev de 2012

Um pouco sobre a JMM

Publicado originalmente no site: Mantenedor da Fé
Em resposta aos inúmeros comentários e emails que recebemos da parte de não cristãos (espíritas, ateus, budistas…) que afirmam que nós não nos preocupamos com os problemas sociais e só (SIC) “queremos converter as pessoas à Cristo” estamos publicando hoje um pouquinho sobre o que é a nossa Junta de Missões Mundiais da Convenção Batista Brasileira.
Texto extraído da Revista de Campanha da JMM 2012
A Junta de Missões Mundiais da Convenção Batista Brasileira, além do trabalho religioso e evangelístico que desenvolve, realiza projetos na área social, contribuíndo diretamente para a erradicação dos maiores problemas mundiais, elencados pela ONU (Organização das Nações Unidas) no ano 2000 e definidos como Objetivos do Milênio, quais sejam:
-Erradicar a fome e a miséria;
-Proporcionar educação básica e de qualidade para todos;
-Promover igualdade entre os sexos e valorização da mulher;
-Contribuir para a redução da mortalidade infantil;
-Melhorar a saúde das gestantes;
-Combater a AIDS, a malária e outras doenças;
-Aumentar o nível da qualidade de vida e o respeito ao meio ambiente;
-Criar formas para que todos trabalhem pelo desenvolvimento.
Uma vez que as organizações religiosoas não devem estar alheias às necessidades de seu tempo, às oportunidade da qualidade de vida da humanidade, e permanecer alinhadas com os Objetivos do Milênio, a JMM desenvolve açòes específicas nas diversas áreas de desenvolvimento humano, a saber:
Combate à fome e à miséria – através de parceria com organismos locais e internacionais;
Educação – desde a alfabetização de crianças;
Saúde – como projetos médicos e odontológicos;
Desenvolvimento humano e comunitário
A JMM tem atuado também em situações de catástrofes mundiais em parceria com organizações internacionais, como no caso do Haiti, especialmente após 2010. Igualmente, tem aproveitado grandes eventos esportivos como meio de promover a paz e os valores cristãos.
Além de seus propósitos institucionais, a JMM tem atuado como parceira indireta do Itamaratyatravés de programas de assistência e capelania em alguns consulados e embaixadas brasileiras no exterior.
A JMM REALIZA AÇÕES RELACIONADAS COM CADA OBJETIVO DO MILÊNIO
Erradicar a extrema pobreza e a fome:
A Junta de Missões Mundiais tem tradição em cooperar para a erradicação da fome e da miséria nos países onde trabalha.
Atingir o ensino básico universal:
unidade do PEPE no Perú
Em convênio com outros órgãos, a JMM mantém o P.E.P.E., que capacita as crianças com idade entre 4 e 6 anos a entrarem alfabetizadas no ensino básico e em condições de serem bem sucedidas nas classes que vierem a ingressar.
Promover a igualdade entre os sexos e a autonomia das mulheres:
Nossas ações são voltadas para a qualificação profissional feminina, cursos de alfabetização e inserçào tanto de homens quanto de mulheres no mercado de trabalho. O combate à violência contra a mulher e sua valorização como pessoa são uma tônica nos projetos que desenvolvemos.
Reduzir a mortalidade na infância:
A maioria dos países onde a JMM trabalha está entre os mais pobres. Não temos pretensão de erradicar a mortalidade nesses locais, mas não poupamos esforços para reduzir a mortalidade infantil.
Melhorar a saúde materna:
Missionários Batistas Brasileiros na África
A falta de condições para um parto digno afeta diretamente a saúde da mulher, o que é observado em nosso trabalho através da criação de esquemas de proteção e tratamento.
Combate ao HIV/AIDS, a malária e outras doenças:
A África é assolada pela AIDS. Na maioria dos nossos campos, programas de educação e prevenção são disseminados por nossas igrejas e projetos.
Garantir a sustentabilidade ambiental:
As crianças são especialmente instruídas sobre a importância de cuidar do meio ambiente. Encorajamos a utilização de material biodegradável e construções que não impactem negativamente o ambiente.
Estabelecer uma parceria mundial para o desenvolvimento:
Trabalhamos sempre em parceria com organizações locais em forma de convênios ou acordos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.