20 de abr de 2012

Pastor é espancado por muçulmanos na Turquia


Um pastor foi espancado por um grupo de muçulmanos na Turquia que invadiram a sua igreja durante o culto e ameaçaram matá-lo caso ele não recitasse a confissão da fé islâmica naquele momento.
Semih Sertek, (58), teve sua igreja atacada em Istambul, no distrito de Bahcelievler, logo após um culto no dia 7 de abril, no qual sua Igreja celebrava a Páscoa.
Ele disse: “Alguém bateu com muita força na porta da igreja e todos ficaram assustados. Quando abrimos a porta, eles entraram zombando de nós. Eu pedi que eles se retirassem, mas eles continuaram nos insultando. Eles ameaçaram me matar se eu não me convertesse ao islamismo. Eles me chutaram e me bateram”.
Havia, pelo menos, três agressores que tinham a idade em torno de 18 anos e usavam chapéus islâmicos em suas cabeças.
O Pastor Sertek acredita que o ataque foi aleatório e que não era intencionalmente dirigido a ele. Ele foi mentor de três cristãos que foram brutalmente assassinados em Malatya, em abril de 2007.
O ataque contra a igreja do pastor Zertek aumentou ainda mais os temores entre os líderes da igreja na Turquia, pois muitos eventos parecidos ocorreram nos últimos tempos. O Pastor Krikor Ağabaloğlu disse: “Os ataques contra líderes cristãos sumiram por um tempo, mas aos poucos estão voltando a acontecer”.
Outro pastor, Orhan Picaklar, de uma igreja protestante em Samsum, disse que tem vivido com escolta, o dia todo, nos últimos quatros anos, por causa das ameaças de morte que recebeu. Sua igreja é vigiada e tem seguranças, mas mesmo os cristãos têm medo de entrar no templo.
A Turquia é predominantemente muçulmana e os cristãos constituem menos de 0,1% da população, que enfrenta discriminação, restrições e perseguições religiosas. O país é apontado como um dos líderes mundiais na violação das liberdades religiosas, divulgado pela Comissão de Liberdade Religiosa dos EUA (USCIRF).
Leia o livro CRISTÃOS SECRETOS e saiba mais sobre o cotidiano de cristãos que vivem em países de maioria muçulmana, como o Iraque. Irmão André e Al Jansen; Ed. Vida.
FonteBarnabas Fund
TraduçãoLucas Gregório

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.