20 de jun de 2012

O que significa superstição? Ela não é também um tipo de fé?

O que significa superstição? Qual a diferença de superstição e fé
Por André Sanchez
Não é muito difícil encontrarmos pessoas confundindo a fé verdadeira com superstição. A Bíblia define fé como “a certeza de coisas que se esperam, a convicção de fatos que se não vêem.” (Hb 11. 1). Essa certeza e convicção é direcionada a vontade de Deus expressa em Sua Palavra. Isso significa que a fé verdadeira é crer naquilo que é verdadeiro, ou seja, crer em Jesus Cristo e em sua Palavra. Essa é a fé verdadeira, bíblica e que vem de Deus ao coração do homem. Digo isto porque existe a falsa fé, a fé em coisas erradas e que desagrada a Deus.
A superstição é esse tipo de “fé” falsa. Alguns até a consideram como um tipo de fé, pois de certa forma a pessoa crê em alguma coisa. Superstição são crendices e práticas que são resultantes da ignorância sobre algo. Também é praticada por medo daquilo que é desconhecido ou pela confiança em diversos tipos de magias (adivinhação, agouro, astrologia, encantamento, feitiçaria, necromancia, simpatia). A superstição simplesmente desconsidera Deus e Sua Palavra. Biblicamente, superstição é ter uma fé que não se enquadra na fé que nos é dada por Deus, ou seja, é ter uma fé fundamentada no erro.
Para exemplificar, cito a crendice popular de que dá azar passar por baixo de uma escada. Isso é superstição, é fazer algo pautado na ignorância e no medo. Para o que tem fé verdadeira em Deus e não superstição em escadas, não há essa questão de azar, pois o Senhor lhe dirige os passos e cuida. (Pv 16. 9)
Alguns, por exemplo, creem em horóscopos. Não saem de casa sem ver o que os astros revelam. Isso é superstição. O que crê em Jesus sabe que não cai uma folha de uma árvore sem o consentimento de Deus. Os astros estão debaixo de Sua autoridade e não podem realizar algo como se fossem forças soberanas.
Assim, a superstição sempre trará temor ao coração do homem. Porém, traz um tipo de temor errado, em coisas erradas e o faz fazer coisas que desagradam a Deus. A Bíblia diz que no temor do Senhor está a sabedoria (Pv 1. 7) e não no temor a astros, homens, encantamentos, simpatias, etc. Se a fé não está em Jesus Cristo está no lugar errado e, por consequência, levará também ao lugar errado.
Por exemplo, aquele que busca as feitiçarias, os encantamentos, os rituais de prosperidade, de sorte, e pasmem, até rituais que prometem trazer uma pessoa amada em determinado tempo, estes desagradam a Deus e vivem uma fé errada, destrutiva; vivem uma supertição. Aquele, porém, que tem a fé verdadeira em Jesus Cristo entrega sua vida aos cuidados de Deus e teme somente a Ele. Esse é liberto de todas as crendices e superstições e exercita uma fé que traz liberdade e que agrada a Deus.
Fonte: Esboçando Idéias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.