17 de jul de 2012

Socorro! Um vampiro atacou a igreja



Vampiros são seres mitológicos ou folclóricos que segundo a crendice popular sobrevivem alimentando-se da essência vital de criaturas vivas geralmente sob a forma de sangue. 

Pois é, vampiros não existem, todavia, teólogos liberais sim, e como vampiros se instalam na igreja sugando dela toda e qualquer tipo de vida.

 Há pouco soube de um rapaz que havia acabado de ser formar em teologia por um seminário liberal que afirmou que a Bíblia foi escrita pela canalhice dos homens. Um outro   acadêmico afirmou que a igreja precisa dar menos crédito ao mito da criação. Houve ainda um terceiro que  teve a cara de pau em afirmar que Jesus foi um bom moço, mas que não ressuscitou dentre os mortos.

Caro leitor, infelizmente o número de pastores que relativizaram as Sagradas Escrituras em detrimento de uma teologia espúria se multiplica a olhos vistos. Sem sombra de dúvidas os conceitos liberais têm adoecido e sufocado o Corpo de Cristo, injetando no coração dos cristãos, valores que se contrapõem aos ensinos bíblicos.

Prezado amigo, conta a lenda que para derrotar um vampiro, dentre outras coisas, é necessário lhes mostrar a cruz. Isto, posto, penso que  a melhor forma de expurgar essa praga de nossas é proclamar com toda a força o Evangelho da Cruz. Além disso, creio que mais do que nunca necessitamos fazer da Palavra de Deus nossa fonte de fé. O reformador João Calvino costumava dizer que o verdadeiro conhecimento de Deus está na Bíblia, e de que ela é o escudo que nos protege do erro.

Em tempos difíceis como o nosso precisamos regressar à Palavra de Deus, fazendo dela nossa única regra de fé, prática e comportamento, até porque, somente assim conseguiremos corrigir as distorções provocadas pelo liberalismo teologico que tantos males tem feio a igreja de Cristo.

Pense nisso!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.