3 de set de 2012

Reverendo Moon morreu, mas o Manoel Ferreira continua bem vivo!

                               Por Gutierres Siqueira

Todos vocês já sabem que o heresiarca Sun Myung Moon- ou simplesmente Reverendo Moon- morreu aos 92 anos vítima de uma pneumonia na Coreia do Sul. Moon já foi preso nos Estados Unidos por evasão fiscal e era investigado no Brasil pelo mesmo crime. Fundador da Igreja da Unificação, o reverendo proclamava-se como messias. Além de herege, ele tinha mania de grandeza. Moon acreditava ser o "continuador" do trabalho de Cristo na terra.

Bom, o pior foi ver o bispo Manoel Ferreira negando no programa de TV de seu filho Samuel Ferreira que tivesse relações com o Reverendo Moon. Meses depois todos viram pelo YouTube um vídeo onde o mesmo bispo Manoel Ferreira recebe uma homenagem de Moon na própria Igreja da Unificação. 

Por que o bispo Ferreira mentiu em rede nacional? E até onde ia essa relação de amizade entre os dois? E por que a Assembleia de Deus de Madureira e sua alta direção aceita passivamente esse escândalo? Bom, são perguntas sem respostas. Está mais do que na hora do bispo Ferreira pedir desculpas para a comunidade pentecostal, especialmente para os assembleianos de Madureira. 

Além disso, o bispo Manoel Ferreira é político e tem algumas acusações graves de corrupção envolvendo laranjas e uma faculdade em sonegação de impostos. (Leia aqui).

Não tenho nenhum prazer em citar o nome de um importante pastor nas Assembleias de Deus, mas é simplesmente escandaloso que o mesmo continue na direção do segundo maior segmento da denominação. Até quando?

Leia mais sobre o escândalo com o Reverendo Moon aqui. 


Fonte: Teologia Pentecostal

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.