14 de out de 2013

A cobiça dos olhos

"Pois tudo o que há no mundo — a cobiça da carne, a cobiça dos olhos e a ostentação dos bens — não provém do Pai, mas do mundo." (1 João 2:16)

- Por que ficamos tentados em nossa mente? Porque a nossa mente é o comando central. É lá que raciocinamos e onde reside o nosso intelecto. É na mente que contemplamos, sonhamos, fantasiamos. A Bíblia nos diz: "Pois, embora vivamos como homens, não lutamos segundo os padrões humanos. As armas com as quais lutamos não são humanas; pelo contrário, são poderosas em Deus para destruir fortalezas" (2 Coríntios 10:3-4).

Assim Eva foi tentada: através da cobiça dos olhos: Eva, dê só uma olhada nisso. Você já viu alguma fruta como esta? Satanás atacou a mente de Eva. A cobiça dos olhos é uma tentação mental, tentação que vem através do domínio da mente. Como o apóstolo Paulo escreveu à igreja de Corinto: "O que receio, e quero evitar, é que assim como a serpente enganou Eva com astúcia, a mente de vocês seja corrompida e se desvie da sua sincera e pura devoção a Cristo" (2 Coríntios 11:3). 

Podemos cometer pecados horríveis em nossas mentes. Podemos viajar ao passado através de nossas memórias. Podemos viajar para o futuro através da nossa imaginação. Muitas vezes, o diabo vai nos levar a pensar: Você não precisa fazer isso. Apenas pense nisso. Isso é tudo. Não precisa ir mais longe que isso. Você pode lidar com isso. 

Mas depois de um tempo, só pensar já não basta. Depois de um tempo, fantasiar já não é suficiente. Queremos passar para o próximo estágio. Daí, começamos a flertar, a tocar, a saborear. Começamos a brincar com o pecado. E o que logo percebemos é que estamos presos a ele.



Fonte: Devocionais Diários

Via: Libertos do Opressor

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.