11 de jun de 2014

Cristãos são agredidos e torturados na prisão

A Christian Solidarity Worldwide (CSW) informou que o cristão iraniano Silas Rabbani foi torturado na prisão de Gohardasht, enquanto Amin Khaki, também cristão, alegou ter sido violentamente agredido na prisão de Ahwaz.
prisão irã.jpg
Silas Rabbani, um diácono da Igreja do Irã em Karaj, foi preso em 5 de maio por agentes da inteligência, que o informaram de seu plano para prender outros cristãos. Ele foi posteriormente transferido para a sessão 8 da prisão de Gohardasht , que está sob controle da Guarda Revolucionária.

Amin Khaki fazia parte de um grupo de oito cristãos que foram detidos e interrogados após um piquenique em 5 de março de 2014. Embora a maioria deles tenha sido liberada mais tarde, Amin Khaki, Hossein Baraunzadeh e Rahman Bahman foram presos. Amin Khaki foi transferido para a Divisão Interna da prisão de Ahwaz em 7 de maio, enquanto Baraunzadeh e Bahma foram transferidos de Ahwaz para uma prisão na cidade de Dezful.

Ore por esses irmãos em Cristo e suas famílias.

Fonte CSW
Tradução Felipe Augusto – ANAJURE 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.